domingo, 29 de junho de 2008

Ambiente na Europa


Para quem está a organizar o dossier e ainda não leu o
4º Avaliação da EEA (AGÊNCIA EUROPEIA DO AMBIENTE) de 2007 aqui está o sumário executivo em Português:

http://reports.eea.europa.eu/state_of_environment_report_2007_2/pt/
Summary_Belgrade_PT.pdf


e a versão completa em inglês para quem tiver paciência:
http://reports.eea.europa.eu/state_of_environment_report_2007_1/en



Etiquetas:

13 Comentários:

Às 12:33 da manhã , Blogger HugoDM disse...

PROGRAMA DE AMBIENTE NA EUROPA:

Crise global do ambiente.
Ambiente, Clima e História. O caso Europeu.
Política pública de ambiente.
Política internacional de ambiente.
A política de ambiente em Portugal: história e perspectivas.
História e características da política europeia de ambiente.
Instrumentos e instituições de política europeia de ambiente. Domínios de acção prioritária.
Desafios actuais da política de ambiente.

 
Às 12:35 da manhã , Blogger HugoDM disse...

AVALIAÇÃO
O modelo de avaliação pode ser sintetizado através do elenco que se segue:
- A avaliação baseia-se no trabalho regular do aluno, já que a disciplina está organizada de um modo que não permite recuperações de última hora.
- Para além da frequência das aulas, cada aluno dedica à disciplina um mínimo de 4h semanais, de forma continuada.
- O trabalho global do aluno concretiza-se num dossier da disciplina que deve conter os seguintes elementos:
• Os textos de leitura obrigatória (que são dispensados de entrega aos docentes).
• Os sumários/sínteses das aulas, os respectivos apontamentos pessoais e as anotações resultantes das actividades de investigação relacionadas com os temas discutidos nas aulas.
• Os contributos para os trabalhos de grupo, eventualmente discutidos e apresentados nas aulas.
• Relatório final individual sobre a disciplina, com a indicação dos pontos fracos e fortes, potencialidades e fragilidades que o aluno encontrou no seu percurso ao longo do semestre.
- Elementos que entram na composição global da avaliação:
• Dossier que conterá os elementos referidos (e outros que se reconhecem adequados). Dossier, qualidade dos materiais, incluindo trabalhos escritos (40%).
• Prova escrita presencial (20%).
• Qualidade da intervenção participativa nas aulas (10%).
• Entrevista final com o docente (30%).


30% ?????????? A ENTREVISTA? Isto ja foi alterado não foi?

 
Às 12:35 da manhã , Blogger HugoDM disse...

BIBLIOGRAFIA FUNDAMENTAL

(a indicação de bibliografia mais detalhada será disponibilizada com os sumários das aulas)
AGÊNCIA EUROPEIA DO AMBIENTE, 2007, O ambiente na Europa — Quarta avaliação. EEA, Copenhaga.

AGÊNCIA EUROPEIA DO AMBIENTE, 2005, O ambiente na Europa - Situação e perspectivas 2005. EEA, Copenhaga.

AGÊNCIA EUROPEIA DO AMBIENTE, 2004, Sinais Ambientais 2004. EEA, Copenhaga.

BLOWERS, A.; GLASBERGEN, P., 1995, (eds.), Environmental Policy in an International Context. Prospects, vol. 3. The Open University. Arnold, Londres.

COM (2001) 31 final: Sexto Programa de Acção em Matéria de Ambiente (Decisão n° 1600/2002/CE do Parlamento Europeu e do Conselho, de 22 de Julho de 2002).

EUROPEAN COMMISSION, 1992, Towards Sustainability: a European Community Programme of Policy and Action in Relation to the Environment and Sustainable Development. EC, Bruxelas.

EUROPEAN ENVIRONMENT AGENCY, 1998, Environment in the European Union at the Turn of the Century. EEA, Copenhaga.

GOLUB, J., 1997, (ed.), Global Competition and EU Environmental Policy. Routledge, Londres.

OWEN, L.; Unwin T. 1997, (eds.), Environmental Management, Readings and Case Studies. Blackwell, Califórnia.

QUEIRÓS, M., 2002, O Ambiente nas Políticas Públicas em Portugal, Finisterra-Rev. Portuguesa de Geografia, Vol. XXXVII, Nº 73. CEG, Lisboa.

QUEIRÓS, M., 2001, O Desafio Ambiental. As Políticas e a Participação dos Actores,. FLUL, Lisboa (polic.)

RAVEN, Peter; BERG, Linda, 2006, Environment, 5th edition. John Wiley & Sons, USA.

SOROMENHO-MARQUES, V., 2005, Metamorfoses. Entre o Colapso e o Desenvolvimento Sustentável,. Publicações Europa América, Mem Martins.

SOROMENHO-MARQUES, V., 1998, O Futuro Frágil. Os Desafios da Crise Global do Ambiente. Publicações Europa América, Mem Martins.

WCED, 1987, Our Common Future. Oxford University Press, Oxford.

SITES
http://europa.eu.int/comm/dgs/environment/index_en.htm
http://www.eea.eu.int/
http://europa.eu.int/comm/secretariat_general/sgc/aides/thema/environment_en.htm
http://europa.eu.int/eclas
http://eur-op.eu.int/general/en/index.htm
http://europa.eu.int/comm/eurostat
http://europa.eu/pol/env/index_pt.htm

 
Às 12:36 da manhã , Blogger HugoDM disse...

COMPETÊNCIAS
A disciplina O Ambiente na Europa contribui para o desenvolvimento de competências que permitem a apropriação de capacidades que tornam o estudante habilitado:
- na compreensão do processo de formação da política ambiental europeia e o seu papel na política ambiental internacional
- na análise e debate de problemas ambientais no mundo para reflectir sobre possíveis causas e consequências;
- na consciencialização dos problemas resultantes da interacção sociedade/ambiente e na criação de conhecimento para a sua gestão e conservação;
- no conhecimento de teorias e de métodos e na aquisição de conceitos utilizados nas áreas do ambiente, para apoiar acções que conduzam ao desenvolvimento sustentável;
- na discussão de diferentes pontos de vista e no espírito de cooperação com outras áreas do saber em projectos de desenvolvimento sustentável.

 
Às 3:39 da tarde , Blogger HugoDM disse...

Já agora, alguém sabe quais são os textos de leitura obrigatária? "Os textos de leitura obrigatória (que são dispensados de entrega aos docentes)." Acho que fui às aulas todas e não me apercebi de nenhum... As fotocopias que estao disponíveis nao sao textos...
Podiam informar-me ?

É um bocadinho desmotivador estar aqui a tentar ajudar os colegas e ninguém responder...

Qualquer dia deixo mesmo de contribuir para este blog que eu criei com o objectivo dos alunos trocarem informações importantes e reflectirem sobre matérias dadas.

Não foi para ser uma montra de conferencias a que ninguém vai, de livros que ninguém lê nem de lavagem de roupa suja entre pessoas que nao têm a coragem para discutir pessoalmente.

mando mas é este blog todo a b

 
Às 6:33 da tarde , Anonymous Anónimo disse...

É preciso é calma colega.

Os "textos" são as fotocópias disponíveis na reprografia vermelha e as apresentações da professora Margarida Queirós.

A entrevista já não conta 30%, mas sim 10.

Cumprimentos e obrigada pela cedência de informação e pela criação e manutenção do blog.

 
Às 7:02 da tarde , Anonymous Anónimo disse...

Enganei-me. A entrevista contínua a ser 30%, a participação é 10, o teste 20 e o dossier 40. Nada foi alterado, portanto.

 
Às 7:04 da tarde , Blogger HugoDM disse...

eu tou calmo colega anónima.
muito obrigado pela informação!
mas entretanto,no meio das 411 páginas de valiosa informaçao tive uma ideia.
Talvez esses textos de leitura obrigatória sejam aqueles do James Lovelock que foram SORTEADOS durante uma aula com a professora.
O problema é que eu não fui um dos felizes contemplados.
E agora?
Sei que eram sobre energias alternativas e tambem sei que há quem não ache Chernobil importante... (recomendo a esses e outros http://www.chernobyl.info/ ate podem por no portfolio)
"O total de mortos até hoje ainda é motivo de discussão. Para a ONU foram quatro mil mortos, para a organização ambientalista Greenpeace foram cerca de cem mil e um estudo científico britânico avaliou entre trinta e sessenta mil." http://pt.wikipedia.org/wiki/Chernobil

 
Às 7:06 da tarde , Blogger HugoDM disse...

agora é que a coisa se complica...40% dossier e 30% a entrevista?

Mas na entrevista vai haver perguntas será?

Porque nos outros anos isso limitou-se a receber os testes e as notas. Aconselho a parte da manhã pois tem tendÊncia a sair 15

 
Às 8:06 da tarde , Blogger Nuno Fernandes disse...

Rico "ambiente" que para aqui vai. 30 % uma entrevista?

Vão colocar em causa os vossos cuidados com a Natureza e com o meio Ambiente em geral. Em particular, dão-vos um 12 no mínimo (se não exagerarem no dossiê / dossier).

Hugo, as referências que fizeste são óptimas para quem nesta altura anda aflito com isso. Apesar de não ser uma dessas pessoas, agradeço o teu contributo (uma vez mais) incisivo e eficaz.

 
Às 1:32 da tarde , Anonymous Anónimo disse...

Alguém sabe onde e a que horas é o teste amanha?

 
Às 2:30 da tarde , Blogger HugoDM disse...

Encontrei aqui o texto sobre as politicas publicas de ambiente em portugal: http://www.ceg.ul.pt/finisterra/numeros/2002-73/73_02.pdf

Apresentaçao prof.viriato na gulbenkian:
http://www.gulbenkian.pt/media/files/FTP_files/pdfs/20junho2008-atlasdoambiente-viriatosoromenhomarques.pdf

 
Às 6:18 da tarde , Anonymous Anónimo disse...

O teste é na sala 5.1 do 12h às 15h

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial