terça-feira, 5 de maio de 2009

"Numa colaboração institucional com a Academia de Produtores Culturais a Faculdade de Ciências Sociaia e Humanas,da Universidade Nova, no âmbito dos seu Segundo Ciclo em Práticas Culturais para Municípios, vai receber no próximo dia 6 de Maio, pelas 18h, no auditório 1, o “guru das cidades” Toni Puig, Professor em Barcelona na famosa Esade Business School e na Universidade Autónoma, que proferirá uma conferência intitulada "A cultura nas cidades depois do caos financeiro e ecológico actual".
Informação recebida por mail.Obrigada,Nuno.

Etiquetas: , ,

3 Comentários:

Às 11:01 da tarde , Blogger Nuno Fernandes disse...

Comentário a esta conferência:

É um senhor polémico, Toni Puig é sobretudo um comunicador por excelência. Perante uma plateia de programadores culturais (ou potenciais programadores), fez realçar a importância da cultura no seio das sociedades, em concreto nas cidades.
Impulsionador da programação cultural na cidade de Barcelona e participante, ainda que "não muito activo" no Fórum Barcelona 2004, Toni Puig (lê-se puitch) é sem dúvida um ser humano muito engraçado e muito simpático para se conhecer.
Foi co-fundador da revista Ajo Blanco, com José (ou Pepe, mais conhecido assim) Ribas, uma revista algo polémica. E é engraçado a forma como alguém que não se revê nos governos trabalha a cultura ao nível municipal, dos ayuntamientos, ao nível das autarquias e sabe lidar com os poderes políticos e com a população.

Se houve coisa que recordei para aqui deixar escrito foi o seguinte: numa escala de importância das necessidades uma cidade, Toni Puig refere a saúde, a cultura e a educação.

Até quando o Estado e as autarquias vão continuar com políticas culturais tóxicas que nada fazem senão dar uma coisa que as pessoas não querem nem sabem ver? E mais do que isso, que não as obriga a pensar.

Porque cultura, segundo o mesmo, não mais é do que aquilo que obriga o ser humano a pensar.

Como referência: www.tonipuig.com.ar

 
Às 11:03 da tarde , Blogger HugoDM disse...

o que obriga a pensar é uma escola nova custar 5milhões de euros e ter nos cofres 20€ para gastar com educação. Isto passa-se em portugal. Margem Sul.

 
Às 2:30 da manhã , Blogger Nuno Fernandes disse...

Mas gasta-se dinheiro a construir Cineteatros que não são usados e multidesportivos em tudo o que é aldeia. E isto passa-se em Portugal.

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial