domingo, 6 de setembro de 2009

Programa Político de Durão Barroso

Apresentadas propostas para os próximos cinco anos

Segundo Durão Barroso são cerca de 50 páginas de "uma espécie de manifesto". Barroso diz que vai concentrar-se mais na "substância", pois diz que é um dos problemas na Europa a Comissão dar a "impressão de que passamos mais tempo a discutir os procedimentos do que a substância". Diz também que "ainda não é o momento para retirar os estímulos à economia". Isto é algo que é para mim confuso, pois uma Comissão totalmente neoliberal tem apostado nos estímulos à economia como forma de tentar sair da crise. O que se passa com o sector automóvel (entre outros) merecia uma profunda reflexão... E isto digo eu, não o Durão. Para ele é tudo normal. Agora diz que é e sempre foi "pela coesão económica e social".

Isto foi baseado na entrevista muito pouco interessante dada ao Expresso de 5 de Setembro de 2009.

Commenting on President Barroso’s guidelines for the next Commission, ETUC* General Secretary said:“Given the crisis, the President needs to be pressed to be more precise in the proposed solutions. "We are calling on the next Commission and the new Parliament to be more assertive on social and employment policy. The excessive laissez-faire liberalism of the past period has contributed to the wreckage of the world and European economies and European workers are paying for it with their pay, taxes, and, increasingly, their jobs”.

* ETUC - European Trade Union Confederation - Confederação Europeia de Sindicatos

link para o Programa Completo: aqui

link euronews:
http://pt.euronews.net/2009/09/03/durao-barroso-apresenta-programa-para-uniao-europeia-em-bruxelas/

Etiquetas: ,

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial