quarta-feira, 1 de abril de 2009

OFERTA DE TRABALHO (daquele que se recebe)

Procura-se licenciado em Estudos-Europeus

AVISO

Para efeitos do disposto na alínea c) do n.º 1 do artigo 19.º da Portaria n.º 83-A/2009, de
22 de Janeiro, torna-se público que se encontra aberto procedimento concursal comum
de recrutamento para preenchimento de um posto de trabalho de Técnico Superior
(Estudos Europeus), em regime de contrato de trabalho em funções públicas por tempo
indeterminado, pelo prazo de 10 dias úteis a contar da publicação no Diário da
República, 2.ª série, parte H, n.º 60, de 26 de Março de 2009.
26 de Março de 2009.
O Presidente da Câmara *, António José Lima Costa

* S. João da Pesqueira

ver aqui:

post por: Hugo Mendes

Etiquetas: ,

8 Comentários:

Às 5:59 da tarde , Blogger Unidos na Diversidade disse...

isto não é mentira atenção!

 
Às 1:49 da tarde , Anonymous Anónimo disse...

é complicado acreditar. Mas parece ser verdade.

 
Às 8:39 da tarde , Anonymous Alberto João disse...

Por amor de Deus isso é cunha!!

Não sejam ingénuos...

 
Às 11:17 da tarde , Anonymous hugo disse...

ó Aberto JOõN , ainda non chegáms à madêraaaaa!

Cunhas? Onde? Então mas o municipio não pode querer contratar um técnico especializado em politicas comunitárias e desenvolvimento?

 
Às 1:52 da manhã , Blogger Nuno Fernandes disse...

Hugo, poder pode. Em São João da Pesqueira há um enorme interesse em contratar alguém desse tipo em ano de eleições :s
Não gosto dele, mas desta até concordo com o Alberto João.

 
Às 12:45 da tarde , Anonymous Anónimo disse...

Nuno, creio que o que o Alberto disse tem mais a ver com o facto da formação pedida ser tão específica (e dos dados relativos à posição serem inexistentes, e do concurso estar apenas aberto por 10 dias) que só pode mesmo ser cunha. Provavelmente podem candidatar-se, mas o vencedor já deve ser conhecido lá para os lados de Vila Real...

 
Às 10:31 da tarde , Blogger Nuno Fernandes disse...

Sim, Anónimo. tens razão. De facto, o anúncio relata essa forma de cativar gente :)

 
Às 12:31 da tarde , Anonymous Anónimo disse...

Cunha não é o termo certo. Isso é a abertura de um contrato sem termo para alguém que já lá está a termo certo. Na prática não é cunha, é sim um artífio provocado pela estupidez contratual da função pública. Um anúncio para ser verdadeiro deve:

1-Ser contrato termo certo (quase ninguém vai contratar por tempo indeterminado um desconhecido);
2-Exigir provas de conhecimento bem estruturadas e com datas definidas, de preferência com várias fases de candidatura;
3-O perfil do candidato é quase sempre abrangente com alguns requisitos, mas nunca com referência a conhecimentos específicos;
4-Quando é legítimo nunca aparece Estudos Europeus, mas sim "Relações Internacionais ou áreas relevantes".

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial