quarta-feira, 25 de maio de 2011

"Juventude, Escola e Modernidade"



"Nas sociedades contemporâneas, a escola assume um lugar central nos processos e dinâmicas sociais aí presentes. Nela se cruzam boa parte das questões que interpelam a modernidade – das desigualdades sociais às questões de género, da democracia às questões da cidadania, da integração à exclusão social, da constituição de afinidade electivas e de grupos à construção social de identidades.


Justamente, pelo seu carácter obrigatório e universal junto dos mais novos, a escola contribuiu activamente para a emergência, consolidação e prolongamento da «juventude» como fase de vida e condição social. Hoje, porém, a aprendizagem deixou de ser um exclusivo desta fase de vida, ao mesmo tempo que a condição juvenil não se esgota no estatuto de aluno. Ser jovem, actualmente, é um tempo da vida cada vez mais indeterminado e plural, que vai muito além do espaço educativo. Na escola ou fora dela, o universo juvenil afirma-se activamente e refracta-se numa pluralidade de experiências, culturas e transições, protagonizadas em diferentes colectivos.


Os seminários "Juventude, escola e modernidade" visam assim estimular a discussão sobre a actual complexidade e pluralidade dos mundos juvenis, promovendo o encontro de diferentes abordagens (disciplinares, metodológicas, temáticas) que contribuam para um entendimento alargado e enriquecido acerca dos processos educativos e de transição juvenis."


in
http://www.opj.ics.ul.pt/index.php/seminarios-juventude-escola-e-modernidade

Etiquetas: ,

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial